Dia de CrossFit fun na CFP9

Lia Caldas em dia de CrossFit na CFP9

Hoje experimentei o Crossfit pela primeira vez. Como foi feriado, a CrossFit Posto 9 (CFP9) fez uma aula onde os alunos podiam levar convidados, então o Pedro, meu marido, me levou.

No Crossfit, os exercícios variam diariamente, não há séries como na musculação, e o treino que vai ser feito no dia – que é o mesmo para todos os alunos de todos os horários – é chamado de “Workout Of the Day” ou “WOD”, como é mais usado.

Exercícios

O WOD de hoje era:

30 min. AMRAP
1) 100m Farmer Walk with Kettlebell (24/16 kg)
2) Hold Plate Over Head (45/25 lbs)
3) Wall Ball Shots (20/16 lbs)

Eu explico…

O grupo de alunos era gigante, afinal hoje a aula tinha convidados, então tinha gente como eu que nunca levantou peso. Por isso, os exercícios não eram muito complexos tecnicamente, para todos conseguirem fazer sem muita dificuldade.

O grande grupo foi dividido em pequenos grupos de 3 pessoas, onde cada uma iria começar com um dos exercícios do dia. Ou seja, cada pessoa iria fazer um dos exercícios e depois entrar no lugar da outra. Por exemplo: enquanto eu fazia o exercício 1, minha parceira fazia o 2 e a outra o 3, depois a gente revezava.

O treino deveria ser feito por 30 minutos, alternando os exercícios o máximo que pudéssemos, ou seja, As Many Rounds/Reps As Possible (AMRAP). Existe um “peso oficial” para cada treino – é o número que está entre parêntese, sendo o primeiro para homens e o segundo para mulheres – mas a gente pegou mais leve no kettlebell (exercício 1). O resto, os exercícios 2 e 3, fizemos com o peso recomendado.

CFP9

A turma anterior à minha terminando o WOD. Na foto, Paola Crespi, dona da Crespi Gym.

1) 100m Farmer Walk with Kettlebell – O primeiro exercício era andar por 100m carregando 2 kettlebells, um em cada mão. No local, isso significava ir até a esquina e voltar. Usamos dois kettlebells de 12 kg cada, ou seja, carregamos 24 kg no total.

2) Hold Plate Over Head – Enquanto a primeira pessoa faz o exercício 1, a segunda segura uma anilha acima da cabeça pelo tempo que a primeira demorar, ou seja, quanto mais rápido a primeira pessoa for, mais rápido será para as outras duas. Usamos o peso recomendado para mulheres: 25 libras.

3) Wall Ball Shots – Enquanto as duas fazem o que descrevi acima, a terceira joga uma bola emborrachada, que tem um peso dentro, na parede, tentando acertar uma altura determinada. Quando a bola volta, a pessoa agacha cada vez que a segura, descendo a bunda abaixo da altura do joelho, para exercitar bem o quadríceps. Ela também faz isso pelo tempo que a outra levar para carregar o kettlebell. Nesse exercício, também usamos o peso recomendado para mulheres: 16 libras, mas não consengui jogar a bola tão alto quanto deveria.

Isso tudo fica sendo repetido num loop infinito até completar os 30 minutos do WOD.

É isso! Simples, né?! Agora vai lá fazer para ver como cansa!

Para mim, o que pegou mais foram os glúteos, por causa dos agachamentos, e o punho, de carregar o kettlebell. Como tenho tendinite crônica nos punhos – por causa do trabalho com computador, esforço repetitivo – acho que esse foi o meu ponto mais fraco. Ainda bem que pegamos um kettlebell mais leve! O recomendado para mulheres era o de 16, mas pegamos dois de 12 kg.

Lia Caldas na CFP9

Depois do treino, fiquei brincando nas argolas de ginástica. O treino mesmo não foi fotografado porque o meu personal paparazzo também estava malhando. Vê se pode!

A CFP9

Eu gostei bastante de malhar na CFP9, especialmente porque estou me exercitando sozinha em casa nos últimos meses, então foi bom sair, mudar de cenário e interagir com pessoas. Também gostei do estilo boot camp (tipo treinamento militar) da box (lá eles não se chamam de academia, mas sim de “box”), que é bem diferente do clima de uma academia da zona sul. O pessoal está lá para malhar, não para bater papo, e é tudo muito simples: não tem aparelhos nem espelhos, mas pesos, barras, elásticos, caixotes. O lugar é um grande galpão onde funcionava uma oficina mecânica e o treino fica escrito com giz na porta da box.

Os nomes dos exercícios são todos em inglês, acho que é para facilitar a comunicação com a matriz americana, afinal CrossFit é uma marca registrada nos Estados Unidos. A CFP9 é uma box oficial, acredito que funcionem como uma franquia mesmo, que segue todas as recomendações do padrão americano.

A equipe é excelente, são todos muito profissionais, e você vê todos trabalhando o tempo todo, ajudando na orientação dos alunos, mesmo que seja a aula específica só de um deles. Lá você não vê nenhum instrutor batendo papo furado num canto ou matando o tempo no Facebook, ficam todos focados na aula.

Quem quiser saber mais sobre CrossFit, recomendo dar um pulo no Instagram da box e da galera e ver as fotos e vídeos. A Samantha Viana, que também é competidora, é a melhor fonte de inspiração para as meninas. Os outros instrutores são: Marcos Viana, João Victor Ribeiro, Gustavo Vaz Tostes e Hugo Casarin. Veja também a página de Facebook da CFP9 e a hashtag #CFP9 no Instagram, com fotos de todo mundo, inclusive as minhas.

Lia e sua salada

Saladinha do Bibi Sucos no almoço pós treino.

Alimentação

1) Café da manhã: torrada integral com queijo cottage e suco rosa (laranja, beterraba e cenoura)

2) Almoço: salada do Bibi Sucos com agrião, alface, tomate, cenoura, champignon, palmito, crutons integrais, frango desfiado, mussarela de bufala, tiras de filé e um pouco de molho vinagrete. Suco de abacaxi com hortelã para acompanhar.

3) Lanche: banana, iogurte grego zero, goji berry e semente de chia.

4) Jantar: o Pedro pediu uma pizza para ele e eu acabei comendo uma fatia. Pela minha filosofia alimentar, isso não teria problema algum, exceto que eu comi pelos motivos errados.

Lanchinho

O lanche da tarde foi light e com uma superfood: goji berry.

Eu não estava com vontade de comer pizza – eu nem gosto tanto de pizza como a maioria das pessoas – eu só comi porque era mais fácil e estava pronta na minha frente. Pelos princípios do Projeto Lia Caldas 4.0, eu só deveria comer se estivesse com vontade de verdade e esse não foi o caso. Mas também não vou ficar sofrendo com isso… Bola pra frente!

Números do dia

Meu peso hoje: 75,9 kg
Peso eliminado: 8,1 kg
Falta eliminar: 21,9 kg
Peso inicial: 84 kg
Meta: 54 kg

Até a próxima e mantenha o foco! ;-)

Acompanhe-me nas redes sociais! Facebook, YouTube, Instagram, Twitter, Google+, Pinterest.

Lia Caldas na CFP9 antes do treino

Lia Caldas

Lia é designer, fotógrafa, instrutora de Yoga e está em busca de uma vida mais ativa, mais saudável e mais feliz.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *